Fale conosco pelo WhatsApp

Mamoplastia de aumento

Próteses de silicone - mamoplastia de aumento
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

A mamoplastia de aumento é uma cirurgia estética bastante procurada por mulheres que desejam aumentar o volume ou corrigir o caimento dos seios

A mamoplastia de aumento é uma cirurgia plástica que possibilita o aumento do volume mamário por meio da implantação de próteses de silicone, ajudando assim a melhorar a relação das pacientes com seu próprio corpo. O procedimento é indicado para mulheres que se sentem insatisfeitas com o tamanho de seus seios e desejam aumentar o volume das mamas e, assim, melhorar o equilíbrio de seu corpo.

A cirurgia de mamoplastia de aumento também pode ser aplicada para restaurar o volume mamário perdido após perda de peso, gravidez ou processo natural de envelhecimento, melhorando a autoestima e autoconfiança de quem se submete ao procedimento. Além disso, as próteses de silicone ajudam na reconstrução das mamas após mastectomia ou lesão, auxiliando também na correção de assimetrias e problemas de desenvolvimento dos seios.

Como é feita a mamoplastia de aumento?

A colocação de próteses de silicone nos seios é realizada a partir de um pequeno corte nos seios, que pode ser feita na parte inferior da mama, em torno da aréola ou até mesmo na região das axilas. Em seguida, o implante é devidamente posicionado por cima ou por baixo do músculo, e a incisão é fechada com suturas que são feitas por camadas de tecido. O procedimento dura cerca de 1 hora, e é feito com a paciente sedada ou anestesiada.

O período de recuperação pós-cirúrgica é de 24 a 48 horas, seguido de repouso nos primeiros dias após a alta hospitalar. As primeiras semanas após a mamoplastia de aumento podem exigir a administração de medicamentos para ajudar a reduzir o risco de infecção e controlar os possíveis desconfortos associados à intervenção. Todas as recomendações são passadas pelo cirurgião plástico de maneira clara e personalizada às particularidades do caso.

Para quem a cirurgia é indicada?

A mamoplastia de aumento, assim como qualquer outro tipo de intervenção médica com objetivos estéticos, é um procedimento individualizado e que deve ser realizado para que a paciente se sinta bem consigo mesma — e jamais para se encaixar em um determinado padrão estético ou satisfazer a vontade de outra pessoa. Os principais benefícios estão associados ao aumento da autoestima, bem-estar e satisfação pessoal.

As principais indicações ao procedimento são nos casos em que a paciente apresenta perda de volume e formato mamário por conta do envelhecimento, perda de peso ou após a gravidez e amamentação. Mulheres que têm seios muito pequenos e se sentem insatisfeitas com isso também podem optar pela implantação da prótese de silicone, bem como aquelas que estão em tratamento de câncer e precisaram extrair a mama.

Para se submeter à intervenção, é necessário que a mulher esteja fisicamente saudável e apresente seios completamente desenvolvidos. Os exames pré-operatórios são fundamentais para avaliar o estado geral de saúde da paciente e identificar as melhores formas de realizar a mamoplastia de aumento sem intercorrências.

Tipos de implante de silicone

As próteses de silicone contêm gel coesivo em seu interior, um material capaz de proporcionar uma textura muito parecida com o tecido natural da mama. Existem diferentes tipos de implante, com diferentes volumes e formatos, sendo que cada um deles é capaz de proporcionar um resultado diferente, e o modelo deve ser escolhido de acordo com os objetivos da cirurgia.

Os principais modelos de prótese mamária que podem ser utilizadas na mamoplastia de aumento são:

  • Redondo: este modelo, como o nome indica, é arredondado e apresenta um padrão semiesférico que se adapta ao contorno natural das mamas. A prótese preenche totalmente o espaço, proporcionando um resultado bonito e que valoriza tanto os seios como o colo;
  • Cônico: este tipo de prótese projeta os seios para a frente, deixando-os empinados e atrativos. Uma vez que esse efeito pode conferir aparência de artificialidade, o modelo é mais indicado para mulheres que apresentam mamas caídas ou tórax mais estreito;
  • Anatômico: com formato de gota, este formato de prótese é o que melhor imita a aparência natural dos seios. Por esse motivo, é o modelo mais escolhido por mulheres que passaram por mastectomia ou para quem deseja aumentar o volume dos seios sem alterar o volume do colo.

Implante de silicone: como escolher o modelo ideal?

A escolha da prótese de silicone ideal deve ser feita pela paciente juntamente com o cirurgião plástico que será responsável pela realização da mamoplastia de aumento. É importante que as expectativas em relação ao procedimento sejam alinhadas, de modo que seja possível determinar o volume, formato e posicionamento mais adequado para garantir a satisfação com os resultados alcançados.

Alguns dos principais aspectos que devem ser levados em consideração para escolher o implante de silicone, além do formato, são o volume desejado e o local em que o dispositivo será posicionado. O tamanho da prótese não vai necessariamente atender à vontade da paciente, devendo ser levado em conta também a estrutura física e altura da paciente para que o resultado não pareça desproporcional.

Os mesmos fatores devem ser considerados em relação ao posicionamento do implante: o mais recomendado é que seja colocado embaixo da glândula e por cima do músculo, para proporcionar um resultado mais natural. Porém, isso só é possível quando há gordura e pele suficientes. Em seios muito magros, é recomendado inserir o implante por baixo do músculo.

Recuperação cirúrgica e resultados da mamoplastia

O período pós-operatório da mamoplastia de aumento deve ser bastante cuidadoso para que a paciente possa se recuperar adequadamente, sem prejuízos aos resultados do procedimento. Os principais cuidados necessários dizem respeito a dormir de barriga para cima, evitar movimentos bruscos com os braços, evitar exercícios físicos até liberação médica e utilizar sutiãs cirúrgicos.

Embora o aumento do volume mamário geralmente possa ser perceptível logo após a operação, o resultado da colocação do implante de silicone geralmente pode ser observado de maneira definitiva após 3 meses da cirurgia, aproximadamente. É recomendado que a paciente faça exames de imagem regulares como ultrassom de mamas ou ressonância magnética, para verificar se as próteses apresentam alguma alteração, embora isso seja bastante raro de acontecer.

Para saber mais sobre a mamoplastia, tirar todas as suas dúvidas sobre o procedimento e fazer uma avaliação individualizada, entre em contato e agende uma consulta com a Dra. Priscilla Gaiato.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica;

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica — Regional Santa Catarina.

Dra. Priscilla Gaiato é cirurgiã plástica formada pela UNESP de Botucatu com ampla experiência em cirurgias estéticas e reparadoras onde proporciona orientação pré e pós-operatória e acompanhamento de curativos.

Possui mais de 10 anos de experiência realizando cirurgias no campo da mamoplastia.

DIFERENCIAIS

10 anos de experiência
Preços acessíveis
Promoção da qualidade de vida para os seus pacientes.
Agende uma consulta!

ENTRE EM CONTATO