Fale conosco pelo WhatsApp

Mamoplastia

Modelo usando sutiã pós cirúrgico - mamoplastia
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)

É chamada de mamoplastia toda cirurgia plástica realizada nas mamas, com o objetivo de alterar seu formato ou volume

A mamoplastia é toda cirurgia plástica realizada nas mamas, seja com o objetivo de aumentar ou reduzir o volume, alterar o formato dos seios ou reconstruir a estrutura mamária. A intervenção pode ser realizada tanto com objetivos estéticos — transformando ou modificando seu formato para torná-lo mais harmonioso com o restante do corpo — ou por motivos de saúde, para tratar tumores de mama.

O procedimento de mamoplastia é indicado para mulheres que já desenvolveram completamente as mamas e apresentam alguma necessidade estética ou médica em relação aos seios. Esta é uma intervenção que deve ser sempre individualizada de acordo com as necessidades de cada pessoa, cabendo ao cirurgião plástico analisar o biotipo e demais características do paciente para definir a forma como a operação ideal deve ser conduzida.

Tipos de mamoplastia

Embora todos os procedimentos que alteram os seios sejam identificados como mamoplastia, as variadas finalidades da intervenção permitem que a operação seja classificada em diferentes tipos. Entenda a seguir quais são os diferentes tipos de cirurgia de mamas e como cada um deles é realizado:

Mamoplastia de aumento

Destaque como um dos procedimentos cirúrgicos mais populares no Brasil, a mamoplastia de aumento é uma intervenção que utiliza implantes de silicone para tornar os seios mais volumosos e firmes. A prótese é inserida a partir de uma incisão nas axilas, aréola ou sulco mamário, podendo ser posicionada sobre o músculo peitoral ou embaixo dele. Os detalhes a respeito do tamanho e formato da próstese, assim como a melhor forma de realizar a operação e alcançar os resultados esperados, são discutidos previamente entre o paciente e a cirurgiã plástica.

Mamoplastia redutora

Esta é uma cirurgia recomendada para mulheres que possuem seios muito volumosos e sofrem com desconfortos no pescoço e costas. A mamoplastia redutora consiste em uma intervenção que remove o excesso de gordura, tecido e pele presentes na região, fazendo com que as mamas atinjam um tamanho proporcional ao corpo da paciente.

Mamoplastia reparadora

Também chamada de mastoplastia, a mamoplastia reparadora é indicada para mulheres que apresentam algum tipo de assimetria ou desproporção entre os seios, prejudicando sua autoestima. Este tipo de cirurgia de mamas permite a correção de incômodos estéticos associados ao posicionamento, formato ou tamanho das mamas e aréolas, sendo definido de acordo com as características e necessidades da paciente.

Mamoplastia reconstrutora

Indicada para pacientes com câncer de mama, a mamoplastia reconstrutora é realizada após a remoção de parte ou de toda a mama que foi afetada pelo tumor (um procedimento chamado de ressecção segmentar ou mastectomia). A reconstrução mamária pode ser realizada posteriormente à retirada do seio ou até mesmo na mesma cirurgia em que a mama foi extraída. O cirurgião plástico refaz a mama utilizando um implante de silicone e, dependendo do caso, tecido de outras regiões do corpo.

Mastopexia

Conhecida também como lifting de mamas, a mastopexia é uma cirurgia plástica indicada para pacientes que desejam corrigir a flacidez e caimento dos seios — geralmente associados ao avanço da idade, perda acentuada de peso ou amamentação. Muitas pacientes que se submetem a este tipo de intervenção também recebem um implante de silicone para garantir um resultado mais satisfatório (chamada de mastopexia com prótese).

Para quem é indicada a mamoplastia?

A mamoplastia é indicada para mulheres que apresentam alguma insatisfação estética em relação aos seios, tais como mamas caídas, excesso ou falta de volume, assimetrias ou outras alterações que causem transtornos estéticos ou funcionais. No caso da cirurgia reconstrutiva, a recomendação é para pacientes oncológicas que precisaram remover as mamas para tratar um tumor maligno ou benigno.

Obrigatoriamente, a intervenção deve ser conduzida por um médico especializado em cirurgias plásticas, que avaliará as condições clínicas e características físicas da paciente. Com base nas características identificadas, o especialista poderá avaliar a viabilidade do procedimento, bem como a melhor forma de conduzi-lo e quais são os resultados que poderão ser alcançados a partir dele.

Os principais pré-requisitos para realização da mamoplastia são:

  • Seios completamente desenvolvidos;
  • Ausência de nódulos e outras alterações nas mamas;
  • Boas condições gerais de saúde.

Contraindicações do procedimento

Em geral, a mamoplastia é contraindicada para pacientes que apresentam patologias específicas de mama, além de pessoas que possuem problemas de saúde que podem trazer algum tipo de complicação durante e após a cirurgia. Os exames pré-operatórios são essenciais para identificar possíveis condições que possam ser impeditivas para a realização da intervenção.

Pré e pós-operatório da mamoplastia

A etapa preparatória da mamoplastia incluem a realização de uma série de exames laboratoriais e de imagem, que visam diagnosticar e monitorar alterações clínicas capazes de prejudicar o andamento da cirurgia e a recuperação da paciente. Mamografia, ultrassonografia de mamas, eletrocardiograma e hemograma estão entre os principais exames que compõem a avaliação pré-operatória da cirurgia de mamas.

Também pode ser necessário que a paciente faça ajustes específicos em seus hábitos, suspendendo o consumo de álcool e tabaco nos dias que antecedem o procedimento e realizando jejum absoluto algumas horas antes. Caso a paciente sinta alterações como gripe e mal-estar, o médico também deve ser informado a respeito do problema.

O pós-operatório da mamoplastia pode demandar cuidados específicos, dependendo da técnica aplicada e do tipo de cirurgia realizada. Entretanto, existem algumas recomendações que geralmente são dadas para todos os casos de cirurgia nas mamas, tais como:

  • Administrar os medicamentos analgésicos e antibióticos conforme orientação médica;
  • Utilizar sutiã cirúrgico por, pelo menos, um mês após a realização da cirurgia;
  • Evitar dormir de lado e de bruços;
  • Não movimentar os braços acima dos ombros;
  • Evitar tomar sol na região operada;
  • Não carregar peso, praticar exercícios físicos ou dirigir até liberação do cirurgião;
  • Comparecer às consultas de retorno para acompanhamento da recuperação.

Mamoplastia: preço e resultados

Os resultados da mamoplastia não podem ser observados imediatamente após a cirurgia, uma vez que é esperado que a paciente apresente hematomas e inchaço na região. Em geral, demora de 6 a 12 meses para que seja possível visualizar a aparência final dos seios após a intervenção.

Além disso, é importante ter em mente que o corpo continuará sofrendo influência de fatores relacionados ao envelhecimento, hormônios e oscilação de peso. Isso significa que os resultados da mamoplastia não são permanentes para o restante da vida, e o passar do tempo pode alterar a aparência conquistada a partir da cirurgia.

No que diz respeito ao preço da mamoplastia, é preciso entender que este é um aspecto bastante individualizado e que só pode ser fornecido depois que o cirurgião plástico fizer uma avaliação criteriosa das características e necessidades da paciente. Vale destacar, entretanto, que o valor da cirurgia não pode necessariamente ser mensurado em uma quantia, uma vez que a intervenção promove autoestima, qualidade de vida e bem-estar à paciente.

Para saber mais sobre a mamoplastia e entender se este procedimento é indicado para você, entre em contato e agende uma consulta com a Dra. Priscilla Gaiato.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica;

Revista Brasileira de Cirurgia Plástica.

Perfil da doutora

Dra. Priscilla Gaiato
CRM-SP: 119906
RQE:33514

Dra. Priscilla Gaiato é cirurgiã plástica formada pela UNESP de Botucatu com ampla experiência em cirurgias estéticas e reparadoras onde proporciona orientação pré e pós-operatória e acompanhamento de curativos.

Possui mais de 10 anos de experiência realizando cirurgias no campo da mamoplastia.

DIFERENCIAIS

10 anos de experiência
Preços acessíveis
Promoção da qualidade de vida para os seus pacientes.
Agende uma consulta!

ENTRE EM CONTATO